Skip to main content

Em um mundo cada vez mais digital e conectado, é fundamental as empresas se atualizarem e se modernizarem, com estratégias inovadoras e novas tecnologias. Neste sentido, o data analytics é um requisito essencial, já que é responsável pela coleta, mensuração e análise de dados referentes aos processos e operações de negócios.

Provavelmente, você já ouviu a expressão de que ‘os dados são o novo petróleo’ e isto é mais do que verdadeiro. Afinal, para obter melhorias e aprimoramentos nas empresas, os gestores precisam ter em mãos informações sólidas e confiáveis sobre tudo o que acontece internamente a fim de tomar decisões embasadas, indo além de achismos e opiniões sem fundamento.

Como já dizia Peter Drucker, considerado o pai da administração e gestão moderna: “Tudo o que pode ser medido pode ser melhorado”. Em outras palavras, o data analytics ajuda a medir todos os aspectos que os gestores e líderes quiserem mapear. Assim, com as informações geradas, é possível implementar otimizações.

Por isso, o data analytics é uma ferramenta que deve ser tão valorizada dentro das organizações. Até porque ele pode impactar nas decisões presentes, no planejamento estratégico e nos resultados futuros.

O que é o data analytics?

Antes de entrar a fundo neste assunto, vamos entender na prática o que é e como funciona o data analytics. Trata-se de uma ação para analisar grandes quantidades de dados coletados nos processos das empresas, seja na gestão financeira, vendas, estoque, clientes, pessoas, entre outros.

A partir daí, são implementados métodos estatísticos e ferramentas para fazer com o que esses dados mostrem cenários, situações e panoramas de negócios. Dessa maneira, se torna possível tirar conclusões.

Quais os benefícios do data analytics para as empresas?

Fica clara a importância da análise de dados no cenário atual para ajudar as empresas a tomar melhores decisões, evoluir, otimizar processos e apoiar o crescimento do negócio. Inclusive, essa percepção já é uma realidade no mercado.

São muitas as finalidades e vantagens de utilizar os dados nas empresas, como por exemplo:

  • Aumento na capacidade de tomar decisões estratégicas;
  • Identificação de gargalos internos e potenciais melhorias nos processos;
  • Monitoramento dos gastos, identificando despesas desnecessárias e gerando economia;
  • Observação de indicadores econômicos para obter maior lucratividade nas operações;
  • Verificação de novas oportunidades de negócios, com análise interna, da concorrência e do mercado;
  • Análise da satisfação dos clientes para melhorar sua experiência e gerar mais vendas;
  • Avaliação dos indicadores de produtividade e performance da equipe para o desenvolvimento de talentos;
  • Antecipar tendências.

Mas, para atingir todos esses resultados, é preciso aproveitar o máximo potencial dos dados e contar com informações de credibilidade e qualidade. No entanto, muitas empresas ainda sofrem com a ineficiência dos processos relacionados a dados.

Como gerar insights de negócios a partir do data analytics

Certamente, após conhecer todos os benefícios que podem ser alcançados com essa estratégia, você está ansioso para saber como usar o data analytics para obter insights valiosos de negócios.

Para isso, separamos um passo a passo com dicas essenciais. Veja:

1. Definição de objetivos

Não adianta apenas coletar os dados, colocar na mesa dos gestores e esperar ter a solução dos problemas e desafios da empresa. Se os dados não vierem acompanhados de objetivos, você não vai conseguir extrair o melhor deles e nem terá maior precisão nas respostas para suas necessidades.

Então, a depender do segmento de atuação, seja um varejo, e-commerce, instituição financeira, seguros, educação, saúde, entre outros, você precisa entender suas demandas para fazer as perguntas certas aos dados, de acordo com sua meta e estratégia de negócios. 

Com isso, será possível obter informações que façam sentido e ajudem. Mas o processo de transformar os dados em insights não para por aí. Vamos ao próximo passo.

2. Estruturação dos recursos para análise de dados

Além de ter os objetivos e entendimento das necessidades, as empresas devem estabelecer como será feita a análise de dados. Isso depende da união de pessoas, processos, tecnologias e dados. Entenda como cada uma dessas partes contribui para o data analytics:

Pessoas: com o conhecimento de profissionais especializados na análise de dados, é possível definir estratégias, objetivos e processos para atingir os resultados.

Processos: são muitas operações que envolvem os dados, desde a coleta e o armazenamento até o processamento e a análise. Todos eles precisam estar bem estruturados, protegidos e em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados.

Tecnologias: com o grande volume de dados, somente ferramentas adequadas podem processar, analisar e gerar informações de valor dentro desse amplo acervo. Neste sentido, as soluções de analytics em nuvem são cada vez mais usadas, já que geram maior eficiência, redução de custos e maior retorno sobre o investimento.

Dados: é preciso superar problemas como o armazenamento de dados em diferentes sistemas. A unificação deles permite obter uma melhor visibilidade para as análises. Então, é importante contar com ferramentas de integração para converter os dados de diversas origens e formatos.

3. Criação de planejamentos e roteiros

Neste ponto, as empresas devem desenvolver roteiros para as iniciativas de data analytics. Assim, é possível determinar os objetivos, os responsáveis, as ferramentas usadas, os tipos de dados mapeados, onde serão coletados e armazenados, a disponibilização e a divulgação de informações, seja em formato de relatórios ou outros, como será o acesso a eles, entre outros detalhes.

Dessa forma, você terá uma ação bem estruturada, realizável e com potencial de geração de valor para a empresa. Como consequência, pode-se obter análises sólidas e garantir a continuidade do processo de monitoramento de dados.

4. Operação em prática

Os responsáveis pela estratégia de data analytics devem colocar a operação em prática para que a ação gere os insights esperados pelos líderes. Aqui é importante realizar uma série de processos para garantir a efetividade e qualidade de todo o planejamento anterior.

  • Definição de indicadores a serem mapeados para avaliação dos resultados;
  • Testagem, mensuração e ajustes dos processos de análise;
  • Envolvimento das equipes dos diversos setores da empresa para ter maior produtividade no gerenciamento de dados.

5. Suporte para a tomada de decisão guiada por dados

Nem sempre os negócios tiram proveito de todo o potencial fornecido pelos dados transformados em insights. Então, toda uma estratégia e planejamento elaborados pensando em otimizar os processos e resultados da empresa podem ir por água abaixo, já que a gestão não vai ver o real valor da ação.

Neste sentido, vale a pena promover suporte contínuo aos gestores e líderes para a análise de dados e a tomada de decisões embasada por eles. Afinal, só com a introdução de novas ações ou aprimoramentos dos processos atuais é que os dados mostrarão seu valor.

Até por isso, uma dica útil é acompanhar e medir o progresso das atividades de análises de dados, o seu uso por parte da gestão e os impactos reais na operação.

Conte com uma empresa especializada em data analytics

Para obter os melhores resultados na análise de dados e na geração de insights para o seu negócio, conheça a Leega, uma empresa especializada em data analytics.

Com mais de 20 anos de experiência em soluções de Data Analytics, contamos com profissionais altamente qualificados e parcerias estratégicas.

Com o foco em desenvolver projetos personalizados para as suas necessidades, nós, da Leega, criamos a solução ideal para você.

Oferecemos uma ampla gama de projetos de TI, como Data Analytics, Marketing Analytics, Machine Learning, Cloud Migration e muito mais, com serviços  de alta qualidade.

Quer saber mais detalhes sobre nossos serviços? Entre em contato conosco!

Banner de ponto de conversão para Data Analytics

About Suellen Moreno